Cachaça Sagrada

Se provar. Vai beber, religiosamente.

O rico vocabulário mineiro tem uma expressão muito popular que é a “de comer rezando”, para se referir àquelas comidas que levam o paladar ao verdadeiro êxtase. Quando dois mineiros, bons conhecedores e apreciadores de cachaça, exigentes no paladar e sonhadores, resolveram produzir a própria cachaça, queriam que fosse daquelas de beber rezando. Começava ali uma verdadeira saga que passaria pela fase das pesquisas, da busca de um local próximo a produtores das melhores canas; da construção de instalações perfeitas para se produzir uma aguardente de primeira qualidade; até a contratação de especialistas em moagem e no tratamento do mosto e destilação; tudo sob o rigoroso controle de qualidade e higiene, obedecendo rigorosamente aos padrões da legislação. Depois de muito trabalho e esforços, tudo deu certo.

Assim, nascia a Sagrada, uma bebida para ser cultuada. Seu nome faz uma alusão ao antigo hábito tradicional – quase sagrado – de se tomar uma dose de cachaça. Também é uma homenagem respeitosa à cidade mineira onde ela é produzida, e ao seu padroeiro Bom Jesus do Amparo. E os dois mineiros sonhadores mantém a promessa de seguirem religiosamente a receita para a produção da melhor aguardente.

Beba Sagrada com moderação e não se esqueça de oferecer o primeiro gole ao santo, para garantir proteção, felicidade e fartura.

Isso não é religião. É a melhor tradição.

 

Seja um distribuidor Cachaça Sagrada

Solicitar contato
Translate »

Você tem mais de 18 anos de idade?

Confirme sua idade para acessar nosso site